Norte Argentino

0 Deal Offers
Pensa num lugar onde você entende o significado da palavra “Andes”! Este lugar é o Norte Argentino. Formado pelas províncias (palavra que os nossos Hermanos utilizam para os Estados) de Jujuy, Salta, Tucuman e Catamarca, o NOA (Norte Argentino) é único.

Seja pela hospitalidade e simpatia das pessoas que, como eles dizem lá são muy “Buena Onda”, pelo ambiente de alta montanha, pela gastronomia norteña, pelos costumes mesclados dos povos originários e dos espanhóis que também contribuíram com a arquitetura colonial ou pela mistura de tudo isto e mais um pouco, o Norte Argentino é uma região encantadora para se visitar.

Seguindo ao sul de Salta, pelo Valle de Lerma chegamos em Cafayate, a segunda principal região produtora de vinho na Argentina e famosa pelos vinhos de altitude e pelos vinhos Torrontés, uma variedade branca, frutado que vai muito bem com peixes e frutos do mar. Para chegar até a cidade, percorremos toda a Quebrada de Conchas com suas montanhas e formações em tons vermelhos e ocres.

Outra cidade muito bacana é Humauaca, que dá nome a região. Lá você vai encontrar muitos artesanatos locais, e rodando cerca de 30kms para o interior numa estrada que sobe a mais de 4.000 metros chegará a Serranias del Hornocal, uma das mais incríveis formações da Cordilheira dos Andes.

A região também abriga lugares no coração da Cordilheira dos Andes, no altiplano andino ou “Puna Argentina”, uma imensa planície a cerca de 3.600 metros que se estende sentido norte-sul desde a Bolívia até a província de Catamarca. Na Puna, vamos encontrar salares (grandes lagos de sal), vulcões, montanhas de grande porte com seus cumes acima dos 6.000 metros e uma paisagem de literalmente tirar o fôlego, tanto pela beleza quanto pela escassez de oxigênio.

Além de tudo o Norte Argentino é um destino fácil de chegar e pode ser incluído numa viagem ao Deserto do Atacama que fica muito próximo da região.